7 de abr de 2011

Sindifogos realiza nova proposta de negociação

A assembleia do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Fogos de Santo Antônio do Monte, Itapecerica e Lagoa da Prata (Sindifogos) aprovou nova contraproposta a ser apresentada ao sindicato patronal. Irredutíveis, os empresários querem reajustar o piso salarial apenas de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), enquanto os trabalhadores querem 15% de aumento. Segundo o presidente do Sindifogos, Antônio Camargos dos Santos, a assembleia autoriza renegociação para o limite de 12% e piso salarial de R$ 600.

Antônio Camargos dos Santos (à direita)  fala aos companheiros

“Espero que o Sindicato tenha a habilidade para negociar. Se não houver outra alternativa, não descartamos uma greve”, informa Antônio Camargo dos Santos. Os trabalhadores já cederam em relação ao reajuste, mas não abrem mão de alguns benefícios, como o auxílio alimentação. O Sindifogos ainda reivindica aumento de 12% no valor da cesta básica, atualmente em cerca de R$ 50. Outra reivindicação é o congelamento do custo de alimentação, hoje de R$ 30,20.

Outra reunião entre trabalhadores e patrões está marcada para o dia 19/04. A última assembleia do Sindifogos trabalhadores aconteceu no dia 05/04. Santo Antônio do Monte, Itapecerica e Lagoa da Prata são municípios do centro-oeste mineiro. Aproximadamente 3 mil trabalhadores estão empregados na indústria de fogos local.


Nenhum comentário:

Postar um comentário