14 de jun de 2011

Centrais Sindicais intensificam luta pela Agenda da Classe Trabalhadora

Com informações do Portal CTB

As centrais sindicais CTB, CGTB, Força Sindical, NCST, e UGT iniciaram nesta segunda-feira (14/06), uma mobilização permanente no Congresso Nacional em defesa da Agenda da Classe Trabalhadora. Até o início do recesso parlamentar, as Centrais devem promover manifestações semanais, com presenças de lideranças na Câmara dos Deputados.

Wagner Gomes, presidente da CTB

As Centrais também anunciaram ontem a intensificação da agenda conjunta no segundo semestre deste ano, com agendas já prevista durante o mês de julho. Minas Gerais deve participar de passeata na Avenida Paulista no dia três de agosto. Mais de 100 mil trabalhadores são esperados para o ato público.

A prioridade nas reivindicações é a redução da jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais sem cortes de salários, o fim do fator previdenciário, além da regulamentação das terceirizações, conforme aprovado nas Convenções 151, e 158 da OIT (Organização Internacional do Trabalho).

A Reforma Agrária também está na lista de prioridades, conforme aprovado na Conferência Nacional da Classe Trabalhadora (Conclat), no dia 1º de julho de 2010, em São Paulo.

Mais informações no Portal CTB

Nenhum comentário:

Postar um comentário