19 de set de 2012

Campanha Salarial Unificada: Patrões endurecem jogo e metalúrgicos irão intensificar mobilização


Terminou sem acordo a terceira rodada de negociações da Campanha Salarial Unificada dos Metalúrgicos com os patrões, realizada na terça-feira (18), na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em Belo Horizonte.
Mesmo diante da retomada da produção e da recuperação da indústria – reflexos do esforço e dedicação dos metalúrgicos, que têm sido submetidos a extensas jornadas de trabalho nas fábricas – a patronal voltou a apostar na ganância, endureceu o jogo e não apresentou nenhuma nova proposta aos representantes dos sindicatos e federações de metalúrgicos que integram a Campanha Salarial Unificada.
“A Fiemg continua com a choradeira de costume. Para fazer frente a isso, os metalúrgicos devem se unir aos sindicatos e intensificar os atos de mobilização para que possamos alterar os rumos desta negociação”, disse João Alves de Almeida, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, entidade filiada à CTB.
Nova reunião de negociação está marcada para esta quinta-feira (20), na Fiemg.
Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário