17 de jun de 2013

Professores que viajavam para manifestação em BH são assaltados na estrada

Professores da rede estadual que seguiam do Triângulo Mineiro para Belo Horizonte, para participar de uma manifestação, foram assaltados na manhã desta segunda-feira. Os educadores estavam em um ônibus fretado que foi interceptado por bandidos na MG-452, trevo de Perdizes, no Alto Paranaíba.
De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), quatro criminosos em um Vectra, com placa de Uberlândia, cercaram o ônibus. Um deles atirou cinco vezes contra o coletivo, obrigando o motorista a parar. Três homens armados invadiram o ônibus e roubaram os pertences de 32 passageiros. Entre os objetos furtados estão relógios, joias, documentos pessoais, câmeras fotográficas, além de dinheiro.
Enquanto “limpavam” os professores, os bandidos determinaram que o motorista seguisse viagem. Cerca de 20 quilômetros depois, mandaram o condutor parar em um posto de combustíveis, onde um outro assaltante em um Astra dava cobertura e recolheu os bandidos para fuga. Segundo a PMRv, testemunhas anotaram a placa do Vectra, que é roubado, no entanto não há informações sobre o Astra.
Com a chegada da PMRv, o ônibus e os passageiros foram liberados para seguir viagem e mesmo com contratempo, chegaram à capital onde vão participar do protesto marcado para começar às 13h, em frente a Igreja São Francisco, na Pampulha.
De acordo com a coordenadora regional do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), Elaine Cristiana Ribeiro, todos estão muito assustados porque o ônibus foi recebido a bala. Na caravana, estavam trabalhadores de Capinópolis, Uberlândia, Ituiutaba e Araguari. “Foram 15 minutos de terror. Tentei dialogar, explicando que éramos professores, mas não deu. Eles pegaram os pertences e as malas nos bagageiros dentro do ônibus”, relata.


Fonte: Potal Uai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário