4 de set de 2013

Vitória dos trabalhadores: Chapa 1, apoiada pela CTB, vence as eleições no Sindifogos com mais de 75% dos votos

A direção da CTB Minas parabeniza os companheiros e companheiras da Chapa 1 pela grande vitória obtida nas eleições da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Fábricas de Fogos de Artifício de Santo Antônio do Monte, Lagoa da Prata e Itapecerica, entidade filiada à Central, realizadas nos dias 29 e 30 de agosto. Encabeçada pelo presidente Antônio Camargos do Santos – o “Tonho Ratinho”, a Chapa 1 foi reeleita com mais de 75% dos votos, em disputa com um concorrente.
“Com a continuidade da Chapa 1 à frente do Sindifogos, tenho certeza de que o Sindicato permanecerá no rumo certo, pois conta com companheiros e companheiras com reconhecida tradição de luta, que têm dado uma imensa contribuição na defesa dos direitos da categoria e para a melhoria das condições de vida, trabalho, salário e conscientização dos trabalhadores”, disse o presidente da CTB Minas, Marcelino da Rocha.
Eleita para conduzir o Sindicato no triênio 2013-2016, a Chapa 1 teve como lema “Lutar sempre, mudar de lado, nunca!”. Composta por membros da atual diretoria da entidade e por novos companheiros, a nova diretoria terá pela frente o desafio de avançar ainda mais nas lutas em defesa dos trabalhadores, pela manutenção do emprego, melhoria das condições de trabalho e garantia dos direitos conquistados.
“Em 2010, ao vencermos as eleições sindicais, assumimos o compromisso de buscar realizações para toda a categoria. Ao longo do atual gestão, com muita disposição de luta e com o apoio da categoria, conquistamos diversas vitórias, tais como: reajustes salariais com ganhos reais para toda a categoria; cesta básica; Participação nos Lucros ou Resultados (PLR); congelamento do preço do almoço; reforma da sede da entidade; reforma e benfeitorias do clube de lazer do Sindicato, como a construção da sauna e um novo campo de futebol; plano de saúde e convênio com hospital; diversificação e ampliação do número de convênios; realização de atividades de lazer e recreação, como o campeonato de truco, forró, festival de sorvete e encontro de música; aumento do número de associados e, consequentemente, fortalecimento do Sindicato; entre outras. Para que tudo isso fosse possível, promovemos inúmeras assembleias com os trabalhadores, reuniões com os patrões, manifestações e até greves”, lembra Tonho Ratinho.
Segundo ele, a diretoria do Sindicato também denunciou as empresas que não honraram com suas obrigações trabalhistas ao Ministério do Trabalho na busca de soluções para os problemas enfrentados nas fábricas, principalmente com relação aos acidentes de trabalho.
Compromisso
“Com a continuidade do nosso mandato, vamos avançar ainda mais. Vamos intensificar a luta pela melhoria dos salários e das condições de trabalho, saúde e segurança nas fábricas; incorporação do salário na Carteira de Trabalho; melhoria da qualidade da cesta básica e para que ela passe a ser fornecida mensalmente; melhoria do transporte dos trabalhadores; por mais creches para os filhos dos trabalhadores e para que elas funcionem de acordo com o quadro de horários das empresas; para que as empresas ofereçam cursos de capacitação profissional aos trabalhadores”, planeja o presidente reeleito.
Tonho Ratinho destaca, ainda, que o Sindifogos vai priorizar a luta para que os familiares das vítimas fatais de acidentes no trabalho recebam indenização; pelo atendimento médico especializado às vítimas de acidentes no trabalho; para que as mulheres tenham acesso ao atendimento ginecológico; para que os órgãos públicos ampliem a fiscalização nas fábricas;  instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros na cidade; redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução de salário e fim o fator previdenciário; extensão da base de atuação do Sindicato para Japaraíba, Moema e Pedra do Indaiá; entre outros”, enumerou.
Além de Tonho Ratinho, a nova diretoria eleita do Sindifogos é composta pelos companheiros e companheiras: Débora Aparecida, Silvânia de Sousa, Nilma dos Anjos, Antônio Márcio, Antônio Marcos, Denizete de Fátima, Paulo Bernardino, Geraldo Eustáquio, Messias Morais, Pedro Bernardino, Keila Aparecida, Delza Conceição, Gilberto Camargos e Sônia Aparecida.

Fonte: CTB Minas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário