28 de nov de 2013

Manifestação e greve abrem o Dia de Luta dos Metalúrgicos de Minas Gerais

Uma grande manifestação na metalúrgica Vallourec, na região do Barreiro, em Belo Horizonte, e uma greve na Denso Rotantes, em Betim, marcaram o início do Dia de Luta dos Metalúrgicos de Minas Gerais, na manhã desta quinta-feira (28).
Em campanha salarial há três meses, os metalúrgicos protestaram contra a intransigência dos patrões, representados pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), que insiste em não atender às reivindicações da categoria.
Na Vallourec, a manifestação, que durou mais de 3 horas e contou com a presença do presidente da CTB Minas, Marcelino da Rocha, e do diretor Gelson Alves, reuniu dezenas de dirigentes do Sindicato e de entidades representativas dos metalúrgicos no Estado. Durante todo o tempo, centenas de trabalhadores permaneceram nas portarias da fábrica, o que provocou atraso na produção da empresa.
O trânsito ao redor da Vallourec também foi interrompido pela manifestação, impedindo o acesso dos especiais que transportam os trabalhadores para a fábrica, bem como a circulação de ônibus e carros nas imediações.
Greve
Insatisfeitos com a proposta patronal apresentada até agora, metalúrgicos da Denso Rotantes – fornecedora de limpadores de parabrisa e alternadores para a Fiat Automóveis, decidiram seguir o exemplo dos companheiros da Denso Térmicos e cruzaram os braços no início da manhã de hoje.
“Os trabalhadores da Denso Rotantes, empresa que faz parte do mesmo grupo da Denso Térmicos, não aceitam serem tratados de forma diferente. Portanto, exigem os mesmos benefícios conquistados pelos metalúrgicos da Denso Térmicos e estão dispostos a manter a greve por tempo indeterminado”, afirmou o vice-presidente do Sindicato, Gleyson Borges.
Na última terça-feira (26), após uma greve de quatro horas e meia de duração, os metalúrgicos da Denso Térmicos conquistaram 8% de reajuste salarial, abono de R$ 1.000,00, pagamento da segunda parcela da Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) com aferição apenas na meta de absenteísmo, entre outros benefícios.
Negociação
Em busca de uma nova contraproposta dos patrões, que contemple as reivindicações dos metalúrgicos, a comissão formada por representantes dos sindicatos que integram a Campanha Salarial se reuniu às 10 horas com a patronal, na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Minas Gerais, em Belo Horizonte. A reunião ainda está em andamento.
Confira a cobertura fotográfica da manifestação na Vallourec no Facebook da CTB Minas: https://www.facebook.com/ctb.minas/media_set?set=a.537563943000661.1073741880.100002411803779&type=3
Fonte: Departamento de Imprensa – Sindbet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário