19 de dez de 2013

Sindicato dos Metalúrgicos de Betim apoia itens de segurança, mas exige manutenção dos postos de trabalho




O Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região (Sindbet) apoia as resoluções 311 e 312 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que tornam obrigatória a fabricação de automóveis com air bags e freios ABS no país a partir do ano que vem.
Para a direção do Sindicato, que não participou da reunião no Ministério da Fazenda, em Brasília, na última terça-feira (17), para tratar do assunto, e nem foi consultada sobre o tema, a obrigatoriedade de instalação dos itens de segurança não deve impactar nos empregos nas indústrias do setor automotivo de Betim e região, pois a margem de lucro das montadoras brasileiras sempre foi preservada.
No entanto, a direção do Sindicato entende que cabe aos governos – federal, estadual e municipais – e às montadoras e suas fornecedoras adotarem medidas para preservar os empregos.
“Somos a favor da aplicação das resoluções, que têm por objetivo proporcionar mais segurança aos condutores e passageiros de automóveis, mas é preciso garantir os empregos. Vale lembrar que, nos últimos anos, sem exigir qualquer contrapartida das empresas, o governo abriu mão de milhões de reais na arrecadação de impostos das montadoras, que têm remetido lucros extraordinários para seus países de origem. Por isso, não existe justificativa para ameaças de perdas de postos de trabalho”, argumenta o presidente do Sindbet, João Alves de Almeida.


Fonte: Departamento de Imprensa – Sindbet. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário