23 de fev de 2015

4º Encontro dos Trabalhadores Rurais da CTB começa nesta 3ªfeira

fetag rs sergio de miranda
A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) realizará na próxima terça e quarta-feira (24 e 25), seu 4º Encontro de Trabalhadores Rurais. O evento, que será realizado em São Paulo, no Hotel Excelsior, contará com a presença de lideranças sindicais de todo o país.
Para Sérgio de Miranda, secretário de Políticas Agrícola e Agrária da CTB é fundamental a participação dos dirigentes do campo nesse debate, que envolve uma série de temas relacionados ao segmento. "O objetivo é debatermos a participação dos trabalhadores rurais dentro da CTB e também planejarmos como vamos ampliar nossa participação e atuar nas diferentes ações que o movimento nacional organiza", revelou o cetebista que é Tesoureiro da Federação dos Trabalhadores Rurais do Rio Grande do Sul (Fetag-RS). 
Durante dois dias, os sindicalistas debaterão, serão debatidos o movimento sindical rural, visando ao fortalecimento de suas entidades, em prol dos trabalhadores e trabalhadoras. Além disso, assuntos importantes e defendidos pela CTB como a reforma agrária, a sucessão rural e o fortalecimento da agricultura familiar também estarão em pauta.
De acordo com Sérgio de Miranda, para 2015 os trabalhadores rurais têm inúmeros desafios. “Em termos de pautas umas das maiores preocupações são as Medidas Provisórias (MPs) 664 e 665 publicadas pelo governo federal no final de 2014, que têm reflexo direto na vida dos trabalhadores assalariados ou agricultores familiares. Esse é um tema importante que nos desafia. Outro desafio importante passa pela organização sindical. O movimento tem o desafio de ampliar o debate em relação a sua organização. Novas formas de organização vão surgindo, precisamos compreender essa realidade para acompanharmos, ampliando a nossa participação, para podermos evoluir”.
O dirigente da CTB também reforça a necessidade de retomar a discussão pela implantação da reforma Agrária. “Precisamos retomar esse tema com os governos federal e estaduais, pois a reforma agraria não é só a distribuição de terra, significa mudança na estrutura fundiária, melhor a qualidade vida dos agricultores, fazer a sucessão rurais e ampliar a produção de alimentos. Todos esses são temas que vamos debater no Encontro, para continuar aprofundando”, afirmou.
A cada encontro fomos fortalecendo a nossa organização, ampliando a nossa participação compreendendo melhor o nosso papel dentro de uma organização que é composta pelas mais diferentes categorias. Cada encontro trouxe seus avanços e encaminhamento e sempre no sentido de fortalecer a central.
Serviço;
4º Encontro Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais da CTB
Dias 24 e 25 de fevereiro (terça e quarta-feira)
Hotel Excelsior - Avenida Ipiranga, 770 - República, São Paulo
Portal CTB

Nenhum comentário:

Postar um comentário