29 de out de 2015

CTB participa da IV Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres de Minas Gerais


A CTB, através da sua secretária-geral adjunta, Kátia Gaivoto, participa nesta semana da IV Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres de Minas Gerais, organizada pelo governo do estado e que pretende discutir os desafios na defesa dos direitos e da participação política das mulheres brasileiras. O evento reúne cerca de 800 mulheres, eleitas em 83 conferências municipais e regionais, e vai até a noite desta quinta-feira (29).
“Algo que foi muito debatido desde o primeiro momento foi a coragem dos elaboradores do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) de ter colocado a questão da violência contra a mulher para uma discussão de nível nacional. Para nós, essa é uma questão que reacende o debate sobre a ideologia de gênero, foi uma decisão muito elogiada”, conta Gaivoto.
O tema orientador desta edição da conferência é “Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres”, inaugurado com uma palestra magna da secretária especial de Políticas para as Mulheres de MG, Eleonora Menicucci. Ao longo de três dias, delegadas de origens urbanas e rurais se encontram no município de Caeté para discutir não apenas a realidade das políticas feministas pelo país, mas para realizarem a eleição das delegadas da etapa nacional da Conferência. Elas elaborarão também um documento de análise das experiências e trajetórias dos órgãos de políticas para mulheres nos anos recentes. “Tem sido muito enriquecedor acompanhar o debate aqui em Minas. Teremos muitos encaminhamentos para a etapa nacional”, concluiu Gaivoto.
A 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres será realizada entre 15 e 18 de março de 2016, com a presença da própria presidenta Dilma Rousseff. A coordenação é tarefa da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, e divide as atividades em quatro eixos:
  1. “Contribuição dos conselhos dos direitos da mulher e dos movimentos feministas e de mulheres para a efetivação da igualdade de direitos e oportunidades para as mulheres em sua diversidade e especificidades: avanços e desafios”;
  2. “Estruturas institucionais e políticas públicas desenvolvidas para as mulheres no âmbito municipal, estadual e federal: avanços e desafios”;
  3. “Sistema político com participação das mulheres e igualdade: recomendações”;
  4. “Sistema Nacional de Políticas para as Mulheres: subsídios e recomendações”.
Portal CTB







Nenhum comentário:

Postar um comentário