10 de ago de 2016

Historiador defende legado de Fidel Castro para a classe trabalhadora

 
 
O Portal CTB conversou com o DJ Ivan Dias (LatinidaDJ), que irá participar da festa pelos 90 anos do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro. Historiador, ele conta que após uma viagem para a Bolívia e Peru desenvolveu o gosto pelo ritmo caribenho e começou a desenvolver um trabalho de pesquisa e difusão no Brasil.
 
Ivan Dias participa da Rádio Maíz (web rádio hospedada no blog Diferente, Pero no Mucho) que debate diversos temas ligados à integração regional, além de divulgar os cantores e ritmos de cada país da América Latina e do Caribe. 
 
Recentemente, ele começou a trabalhar como DJ para ampliar esta divulgação. Para ele, tocar na Festa da CTB pelo 90º aniversário de Fidel será uma honra. Em relação à importância do líder para a classe trabalhadora, Dias acredita que “a revolução socialista traz em seu bojo a luta do trabalhador e o respeito aos direitos da classe trabalhadora”.
 
Leia abaixo a íntegra da entrevista:
 
Portal CTB: Quando e por que você começou a pesquisar sobre música latina?

Ivan Dias: Há muito tempo eu pesquiso. Comecei depois de uma viagem que fiz pela América Latina, precisamente, na Bolívia e Peru. Me encantei com a sonoridade, a cultura e resolvi divulgar isso no Brasil.
 
Como é feita esta divulgação? Quais instrumentos usa para levar esse conhecimento para mais pessoas?

Faço parte de uma rádio web chamada Rádio Maíz, que fica hospedada no portal Diferente, Pero no Mucho e, quinzenalmente, exibimos programas para difusão da música latino-americana via internet para todo mundo ouvir, baixar e conhecer.
 
E você também faz um trabalho de DJ. Como é tocar este tipo de música que não é tão conhecida do público brasileiro, qual a receptividade e como as pessoas encaram isso?

É sempre muito bacana, porque as pessoas gostam de coisas novas. Apesar da gente resgatar a música tradicional dos grandes nomes consagrados da música latina: Mercedes Sosa, Yma Sumac, Nicomedes Santa Cruz entre outros. As pessoas têm uma boa receptividade. Elas aprendem, curtem e a gente vai difundindo nossa cultura.
 
Há quanto tempo você está trabalhando como DJ também?

Em torno de 6 meses, comecei a discotecar pelo interior de São Paulo, mais especificamente, em Jundiaí e agora estamos expandindo esse trabalho pelo estado todo.
 
Você é historiador, como a história e seu interesse por pesquisas, influencia no seu trabalho como DJ?

As manifestações culturais em geral trazem história: a história dos povos, as lutas, as tradições, o desejo, o pensamento, a cultura popular então história e arte andam lado a lado e ensinam sobre o que é a América Latina, nossos dramas, nossos desafios.
 
Como é para você tocar no aniversário de 90 anos de Fidel Castro?

Na verdade, para mim é um orgulho, uma honra muito grande de fazer parte desta comemoração do nosso grande líder revolucionário que tornou Cuba uma referência para todos nós latino-americanos.

Qual a importância de Fidel para a classe trabalhadora mundial?

Toda a importância. A revolução socialista traz em seu bojo esse aspecto de luta do trabalhador, de respeito aos direitos da classe trabalhadora e coloca o trabalhador como protagonista da história. Isso tudo tem a ver com o trabalho que desempenha a CTB e com as lutas do nosso continente, das lutas trabalhistas do povo.
 
Portal CTB

Em BH, a grande festa será no dia 13 de agosto às 15 horas no Sindicato dos Jornalistas (Av. Álvares Cabral, 400 - Centro/BH)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário