30 de nov de 2016

CTB-MG terá participação no Conselho Estadual da Mulher



Representando a sociedade civil através da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil em Minas (CTB-MG), Terezinha Aguiar, irá compor a nova gestão do Conselho Estadual de Mulheres (CEM).  A secretária de comunicação da CTB-MG, Marilda Silva, também participa do Conselho como suplente. Vinculado a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais, o Conselho é responsável por propor e avaliar as políticas públicas voltadas para a promoção das mulheres. O CEM é composto de forma paritária. Terezinha faz parte das 10 conselheiras da sociedade civil. Para tomar posse na gestão que vai até 2018, o Conselho aguarda as indicações das secretarias de governo que devem ocorrer até dezembro.

Segundo Terezinha, ocupar esses espaços é fundamental para fortalecer a trincheira de resistência contra os retrocessos que querem atingir exatamente as mulheres trabalhadoras. “A presença e  representação da nossa Central no Conselho  tem o objetivo de incluir a pauta da mulher trabalhadora. Sabemos que só através da emancipação, do trabalho digno e da luta conseguiremos romper com a opressão, ampliar e  defender o nosso leque de conquistas diante do atual retrocesso” avalia Terezinha Aguiar. 


O Conselho Estadual da Mulher em Minas Gerais tem 25 anos de existência. É composto pela presidenta, vice-presidenta e 20 conselheiras, sendo 10 representantes da Sociedade Civil e as outras 10 representantes do Poder Público Estadual. Os nomes das representantes da sociedade civil foram publicados no Diário Oficial durante o mês de novembro. Para concluir a composição da nova gestão, faltam 4 das 10 conselheiras da cota governamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário