3 de abr de 2017

Protesto histórico leva 100 mil às ruas de BH contra Temer e prepara para a greve geral




Cada vez maior, o ato do Dia Nacional de Lutas contra a reforma da previdência, trabalhista e a terceirização irrestrita, parou a capital mineira no final da tarde da última sexta-feira (31). Com gritos de "ou para essa reforma ou paramos o Brasil", cerca de 100 mil pessoas seguiram da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) até a praça da Estação, um percusso de quase 3km. O ato é uma preparação para a greve geral, marcada para o dia 28 de abril. 


O protesto em Belo Horizonte foi organizado pelas centrais sindicais, Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, movimento sindical, estudantil e popular. 

As manifestações, espalhadas por todo o Brasil, também aconteceram em diversas cidades no interior de Minas Gerais.

Como preparação para a greve geral, as centrais sindicais em Minas também se organizam para realizar a Plenária Unificada dos Movimentos Sociais no dia 12 de abril, das 10 às 14 horas na Praça da Estação em BH. A orientação é que essas plenárias também ocorram nas regiões do Estado.

NENHUM DIREITO A MENOS!!!!



Valadares, Alfenas e Santo Antonio do Monte foram algumas das cidades com protestos no dia 31 de março




Nenhum comentário:

Postar um comentário