6 de jul de 2017

Abertura da 11ª Agriminas é celebrada por trabalhadores rurais de MG

Maior Feira de Agricultura Familiar começou ontem, vai até domingo e promete sucesso dos anos anteriores



A abertura oficial da 11ª edição da AgriMinas aconteceu na tarde desta quarta-feira, 5 de julho de 2017, na Serraria Souza Pinto. Cerca de quinhentas pessoas, entre expositores, entidades de classe, políticos e formadores de opinião participaram da solenidade comandada pela diretoria executiva e regional da FETAEMG, representada pelo presidente, Vilson Luiz. Entre os convidados presentes na mesa de abertura: o presidente da CONTAG, Aristides Santos, o representante da CTB, Sergio Miranda, além de nomes da Comissão Estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais, Juventude, SEDA – Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário e Banco do Brasil. Destaque ainda para a presença do cacique Clemes Brás da Conceição, da tribo Gerutucunam Patoxo, de Açucena.

Durante seu discurso o Secretario dAGRI APAGAe Desenvolvimento Agrário, professor Neivaldo de Lima Virgilio reforçou a importância do evento e a força do empreendedor rural para a economia do Estado. Já o secretário do Estado de Agricultura Familiar, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Pedro Leitão, disse que é parte dos que desejam que o evento aconteça em 2018 na Expominas.

Abrindo o evento, o idealizador e presidente da Fetaemg, Vilson Luiz da Silva, falou do desafio que foi implantar a AgriMinas em seu início. Ele disse que muitos não acreditavam na força do evento. “Mas eu me questionava: se existe Feira de carros, de moda, de leite, por que não uma Feira que valorize a Agricultura Familiar? Que fosse uma vitrine para gerar negócios e visibilidade? Hoje onze edições depois a feira é este sucesso que enche a categoria de orgulho e que já levou vários empreendedores inclusive a exportarem seus produtos”. Vilson cobrou mais empenho das autoridades, criticou a Reforma da Previdência e Trabalhista e terminou desejando boas vendas e sucesso. “Vamos esquecer os problemas políticos e econômicos do Brasil e trabalhar com alegria e entusiasmo na Feira”.

Fonte: Fetaemg

Nenhum comentário:

Postar um comentário