8 de ago de 2017

Mulheres saem às ruas para lembrar 11 anos da lei Maria da Penha





Nesta segunda-feira (07/08) a Lei Maria da Penha completou 11 anos e mulheres realizaram atos em todo Brasil para marcar a importância da data. As ações relembram os avanços e desafios para enfrentar a violência contra a mulher. Em Belo Horizonte, movimentos feministas ocuparam a Praça Sete e promoveram debate com a população. A CTB-MG esteve presente na atividade. Em Montes Claros, mulheres ctbistas participaram de panfletagem na tradicional feira do Major Prates.   



Os números da violência contra a mulher no Brasil ainda são alarmantes. O Instituo DataFolha, em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgou um levantamento que mostra que a cada dois segundos uma mulher sofre violência. Pensando nisso, o Instituto Maria da Penha, lançou também nessa segunda uma campanha para chamar atenção para os crimes contra as mulheres. O projeto Relógios da Violência faz uma contagem minuto a minuto do número de mulheres que sofrem agressão física ou verbal no país.

Congresso UBM

 Como parte da organização do movimento feminista, terminou no último domingo (6) a décima edição do Congresso da União Brasileira das Mulheres (UBM). Com o mote em defesa da democracia e dos direitos das mulheres, o encontro também homenageou Gilse Cosenza, importante militante feminista que marcou as lutas no Brasil e em Minas Gerais que faleceu em maio deste ano. A delegação mineira contou com ctbistas para fortalecer os debates do Congresso.   







Nenhum comentário:

Postar um comentário