25 de mai de 2018

CTB Minas participa da Marcha pela Educação na abertura da Conferência Nacional Popular de Educação (Conape)






Evento já é considerado a maior atividade de mobilização e luta contra o desmonte da educação brasileira.




A última quinta-feira (24) foi histórica para a população de Belo Horizonte, cerca de sete mil pessoas se concentraram na Praça da Liberdade e realizaram uma Marcha pela Educação até a Praça da Estação. O ato marcou a abertura oficial da Conferência Nacional Popular de Educação (Conape), promovida pelo Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE), do qual faz parte a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).



“As ruas da capital mineira foram tomadas por professores, estudantes, pais de alunos, políticos e representantes de movimentos sindicais e sociais que lutam para impedir que o desmonte promovido pelo governo ilegítimo de Michel Temer liquide a educação pública brasileira. A educação é a soberania de um povo, portanto, estamos realizando o Conape com o intuito de construir um documento que contraponha a proposta do governo federal”, disse Valéria Morato, presidenta da CTB Minas.



Representantes da CTB de diversas regiões do Brasil marcaram presença na abertura da Conape, e seguiram pelas ruas da capital mineira por uma educação gratuita, laica e de qualidade.



Na Praça da Estação, os trabalhadores e as trabalhadoras receberam autoridades, representantes sindicais e de movimentos sociais onde se deu a abertura oficial da Conape.



Estiveram presentes também na abertura oficial, a senadora Fátima Bezerra e a presidenta Dilma Rousseff. Em sua fala, Dilma defendeu a valorização da educação e atacou a postura do atual governo sobre o assunto. “Nós sabemos que a segunda etapa do golpe foi a retirada dos direitos, além do congelamento da educação e da saúde por 20 anos. Zero de crescimento real. Como é possível, em um país que tem a dívida histórica, se a cada ano é necessário atender à milhões e milhões de pessoas que entram na idade escolar aos quatro anos? Foi com essa idade que nós permitimos que as crianças tivessem direito a educação infantil. Viva a educação infantil”, explanou a presidenta.



“Nós tínhamos uma regra que não era suficiente comprometer 18% da receita corrente liquida com educação, tanto é assim que no meu período nós tivemos que investir 54 bilhões a mais. Eles voltam atrás nesses 18% e sucateiam a educação. Acredito que isso faz parte do golpe, esse que é um processo de defesa da privatização integral, completa e total do ensino universitário do Brasil”, finalizou Dilma Rousseff.





A Conape 2018 recebe professores e professoras de todas as regiões do Brasil. O evento ocorre no Expominas nos dias 25 e 26 de maio.



Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil
Assessoria de Comunicação (31) 3271-6673
E-mail: imprensactbminas@gmail.com
Curta a fan page facebook.com/ctb.minas  

Nenhum comentário:

Postar um comentário