1 de fev de 2010

Reflexões sobre o "Curso Nacional de Formação de Formadores"


Por: Gelson Alves, Secretário de Comunicação e Imprensa da CTB Minas


Entre os dias 24 e 29 de janeiro, participei mais uma vez do Curso Nacional de Formação de Formadores, uma parceria do CES  (Centro de Estudos Sindicais) e CTB nacional. O evento aconteceu na cidade de Guarulhos, estado de São Paulo.

Participaram também outros 14 companheiros, alguns diretores da CTB Minas, os demais integrantes dos sindicatos de base.

Tivemos diversas aulas, com temas que foram desde a análise de conjuntura, transformações do mundo do trabalho, história do movimento sindical, cultura, cinema, Planejamento Estratégico, o sindicalismo na América Latina, as concepções sindicais, dentre  outros.

Já participei, várias vezes, de outras edições do Curso Nacional de Formação. Mas sempre tenho algo novo a aprender.

Desta vez, fui surpreendido ao compreender que existem maneiras mais fáceis de os sindicatos estabelecerem a comunicação com o  trabalhador e trabalhadora.

A Internet e a fotografia, por exemplo, estão à disposição, mas temos que saber usar apropriadamente essas linguagens.

Durante o curso, participei de um debate com o professor Sérgio de Carvalho, co-diretor da Companhia do Latão (São Paulo) e professor da Unicamp.

A Companhia do Latão é especializada em teatro pedagógico, espetáculos e experimentos artísticos engajados com a transformação da sociedade e da mente do espectador.

Como o professor Sérgio de Carvalho nos ensinou, o teatro nos apresenta várias formas de construir a experiência comunicativa. E precisamos estar atentos a elas.

A experiência da Companhia do Latão nos mostra que, ao nos comunicar com simplicidade, somos mais eficientes na tentativa de despertar o espectador para o que acontece com a realidade em que ele está envolvido.

Durante o Curso Nacional de Formação, eu os companheiros da  CTB Minas discutimos bastante. Em uma das conversas com a nossa Secretária Geral, Rogerlan Augusta de Morais, observamos a importância do Planejamento Estratégico também na atividade sindical.

O Planejamento nos permite ampliar a ação do Movimento Sindical. Em outra conversa, desta vez com a nossa Secretária de Assuntos da Mulher, Michelle Faria, concluímos que há necessidade de uma análise mais conjuntural e crítica, do ponto de vista construtivo da realidade.

Outro debate muito interessante aconteceu com com os companheiros e companheiras trabalhadores rurais.

Falamos sobre a importância da aliança entre os trabalhadores do campo e da cidade. É essa união que garantirá a construção de um País melhor e mais justo, com valorização do trabalho humano.   

As muitas reflexões proporcionadas por esse Curso Nacional de Formação não param por aqui. Mas é preciso colocá-las em prática, transformando os nossos projetos em realidade.

Mãos à obra, companheiros e companheiras. Já estamos organizando o Planejamento Estratégico da CTB Minas.        

2 comentários:

  1. Conheci agora o Blog e estão de parabéns.
    Indico 3 blogs para conhecerem :

    www.centrodeestudossindicais.wordpress.com
    www.cebrapaznucleorio.wordpress.com
    e o meu particular
    www.marciacsilva.wordpress.com

    Devemos tirar proveito ao máximo desta ferramenta para divulgarmos nossas idéias.
    saudações aos camaradas

    Márcia Silva ( RJ)

    ResponderExcluir
  2. Companheiros aguardamos anciosos para o nosso encontro de formação em BH.

    ResponderExcluir