29 de abr de 2011

CTB Minas e sindicatos filiados fortalecem atividades unificadas no Primeiro de Maio

A CTB Minas e sindicatos filiados participam de atividades unificadas pelo Dia Internacional do Trabalhador. Em Belo Horizonte, a CTB estará, no dia 02/05, junto com a CUT, NCST, UGT e Conlutas, em ato público na Praça Sete, a partir das 9h. A atividade encerra a Jornada de Lutas dos Movimentos Populares, Sindicais e Estudantis.



A redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais é destaque entre as bandeiras que unificam os movimentos, além do fim do fator previdenciário e a implantação do salário mínimo regional. Também na segunda-feira (02/05), a Praça Sete será ponto de coleta de assinaturas em favor do Projeto de Lei de Iniciativa Popular que estabelece o salário mínimo regional. A meta das Centrais Sindicais é coletar 10 mil assinaturas.

Vale do Rio Doce

Na cidade de Governador Valadares, 11 entidades promovem atividades unitárias, inclusive o Sindicato dos Servidores Municipais (Sinsem-GV). Na sexta-feira (29/04), a União Operária sedia, a partir das 19h, seminário com análise de conjuntura, histórico das lutas, conquistas e saúde do trabalhador.

A partir das 9h do domingo (01/05), o Sinsem-GV participa de ato político-cultural na Praça dos Pioneiros. A CTB Minas apoia a luta dos servidores municipais, que vão reivindicar publicamente salários dignos e direito à organização sindical. A greve da categoria está suspensa porque a prefeita Elisa Costa (PT), solicitou o impedimento à Justiça, sob pena diária de R$ 5 mil.

Norte de Minas

Em Montes Claros, a CTB participa de panfletagem em portas de fábricas. No centro da cidade, está programado um carro de som, com muita agitação. A programação começa na sexta-feira (29/04). Também participam a União da Juventude Socialista (UJS), Sindicato dos Vigilantes, Sinpro Minas, Sindicato dos Auxiliares na Administração Escolar de Minas Gerais (Saaemg) e Chapa de Oposição do Sindicato dos Têxteis.

Triângulo Mineiro

Em Uberaba, 23 sindicatos filiados a diferentes Centrais estão unidos na programação, que tem o lema “Desenvolvimento com Justiça Social - Uberaba unida pela classe trabalhadora”. No domingo (01/05), os manifestantes ocupam a tradicional Feira da Abadia, a partir das 8h30. Será uma atividade político-cultural, com apresentações artísticas, mas também falas em defesa da redução da jornada de trabalho; fim do fator previdenciário, valorização das aposentadorias e do salário mínimo.

Sul de Minas

Em Lavras, na sexta-feira (29/03), os sindicalistas panfletam na Praça Augusto Silva, a partir das 13h. As atividades continuam no sábado, no espaço Expo Lavras. A programação política fica para a noite de domingo, às 20h, também no centro de eventos.

Em Varginha, somente a CUT não participará da panfletagem coletiva, que tem o objetivo de informar os trabalhadores sobre seus direitos. Os manifestantes vão se encontrar às 8h, no centro da cidade. A Pastoral Operária ainda programa passeata para o fim de semana.

Redação: Verônica Pimenta - Jornalista CTB Minas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário