25 de mai de 2011

Presidente da Câmara promete empenho para debater Agenda da Classe Trabalhadora


Sindicatos de Minas Gerais e diretores da CTB Minas participaram, nesta quarta-feira (25/05), de encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT), e outros parlamentares.

O evento aconteceu no Salão Negro da Casa, integrando a mobilização para reduzir a jornada de trabalho semanal e acabar com o fator previdenciário. A recepção foi iniciada às 14h, com um ato simbólico. Maia pediu que se estendessem tapetes vermelhos desde a rampa de entrada até o Salão Negro, trajeto por que passaram os trabalhadores.

De acordo com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 231/05, a jornada semanal do trabalhador brasileiro passaria a ser de 40 horas semanais, sem cortes de salário. Os parlamentares ainda se comprometeram a estudar o PL que visa regulamentar o trabalho terceirizado. Não há prazo para votação das duas matérias.


O encontro entre trabalhadores e parlamentares foi suprapartidário e contou com a mobilização de todas as Centrais Sindicais. A única deputada federal mineira no evento foi Jô Moraes (PCdoB). Ela ressaltou o compromisso com a agenda, mas alertou para a necessidade de os trabalhadores manterem a mobilização pública.

A delegação mineira foi liderada por entidades do Triângulo Mineiro e Região Metropolitana de Belo Horizonte. O diretor da CTB Minas, Marcos Gennari, está otimista, e acredita “que já estão criadas as condições para alavancar a votação da Agenda da Classe Trabalhadora no Congresso”. O diretor Carlos Baromeu avalia que os trabalhadores também marcaram posição quanto ao fim do fator previdenciário. Na opínião dele, é urgente dar prioridade esse ponto da Agenda da Classe Trabalhadora.

Representaram Minas Gerais: Diretores da CTB Minas, Sindicato das Empregadas Domésticas de Uberaba; Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba; Sindicato dos Metalúrgicos de Betim; Sinpro Minas, por meio das regionais Uberaba e Uberlândia; Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Veríssimo; Sindicato dos Servidores Municipais de Veríssimo; Sindicato dos Metalúrgicos de Metalúrgicos de Uberlândia; Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Uberlândia; Sindicato dos Servidores Municipais de Uberaba; Federação Interestadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras Metalúrgicos (FIT- Metal); Sindicato dos Servidores Municipais de Unaí.

Redação: Verônica Pimenta – Jornalista CTB Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário