18 de mai de 2011

Vitoriosos, trabalhadores da educação de Ibirité suspendem greve



Os trabalhadores em educação de Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte, decidiram suspender a greve da categoria nesta terça-feira (17/05). O comando de greve avalia que “houve avanços significativos” e que foi quebrada “a espinha dorsal da Prefeitura”.  Ainda segundo a decisão dos trabalhadores, foi criada uma comissão para negociar as reivindicações diretamente com a prefeitura municipal.



Em documento público, a prefeitura se comprometeu a implementar o adicional de R$ 200 nos salários de professores regentes e eventuais, com reflexos no 13º salário, além do aumento de 50% nos valores das cestas básicas. 

Outra grande conquista dos trabalhadores é a redução da jornada de trabalho de 30 para 25 horas semanais, para especialistas e supervisores, além da alteração de jornada dos servidores administrativos. Veja o documento no Blog do Sind-UTE Ibirité.



Além dos representantes dos trabalhadores, vão participar de tal comissão: o gabinete do prefeito, Secretarias Municipais, Câmara Municipal e Assembleia Legislativa. A CTB Minas parabeniza aos companheiros e companheiras que integraram essa luta.

Entenda o caso.

Fotografias: Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), subsede Ibirité

Nenhum comentário:

Postar um comentário