4 de jun de 2011

Trabalhadores da mineração Curimbaba rejeitam proposta da empresa

O Sindicato Metabase (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Extrativas Minerais) de Poços de Caldas e Região) realizou, nos dias 23 e 26 de maio, assembleia com os trabalhadores da Mineração Curimbaba Ltda.

Antônio Anézio da Silva Filho, presidente do Metabase, em Assembleia com a categoria

No encontro, foi rejeitada a contraproposta da empresa referente à campanha de negociação salarial 2011. Os trabalhadores reivindicam reajuste de 15% para os salários até R$ 2.200 e aumento de 7% para os vencimentos a partir de R$ 2.200. O Metabase ainda quer aumento real de 35% para os salários até R$1.100, além do piso de R$ 750.

A Mineração Curimbada ainda se nega a oferecer um abono férias de no valor de R$1.000, adicional noturno de 30%, além do custeio total do Plano de Saúde de seus funcionários. O Metabase de Poços de Caldas aguarda agendamento de nova rodada de negociação.

Foto: Metabase de Poços de Caldas

Nenhum comentário:

Postar um comentário