16 de ago de 2011

Trabalho decente é debatido durante Conferência em Araxá



O trabalho produtivo, com remuneração adequada, exercido em condições de liberdade, equidade e segurança, foi o tema da I Conferência Regional de Emprego e Trabalho Decente, realizada pela Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), na última sexta-feira (12) em Araxá.



O evento, que abrangeu o Triângulo Mineiro, Noroeste de Minas e Alto Paranaíba, contou com a participação de representantes dos trabalhadores, empregadores e Poder Público, que, divididos em grupos tripartites, discutiram os quatro eixos temáticos que permeiam o trabalho decente: princípios e direitos, proteção social, trabalho e emprego e fortalecimento dos atores tripartites e do diálogo social.

De acordo com o secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Carlos Pimenta, essa discussão é um novo marco para a construção do mundo do trabalho, pois é a integração efetiva entre o Poder Público, empregadores e trabalhadores com o objetivo de oferecer trabalho decente e de qualidade a todos os mineiros.


“Com as conferências regionais, o que o Governo de Minas pretende é fazer um retrato fiel dos problemas de cada região, comuns e específicos dos três segmentos, somando as propostas das muitas Minas que são o nosso Estado. Vamos chegar à Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente, e consequentemente, à Conferência Nacional, com um diagnóstico concreto e também com os programas e ações necessários para fazer de Minas Gerais referência na política pública de trabalho, emprego e renda”, afirmou.

Para o representante do Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro Minas) e coordenador da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Marcos Gennari, a conferência foi de grande importância, sobretudo para os trabalhadores. “Discutir o trabalho decente é discutir melhores condições de trabalho e de salário e avançar no sentido de melhorar as relações entre os empregadores e empregados. E mais que isso, é, principalmente, buscar um caminho onde o princípio da igualdade seja respeitado”, concluiu.


Essa foi a primeira de cinco conferências preparatórias para a 1ª Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente, que será realizada em Belo Horizonte, nos dias 6 e 7 de outubro e que, por sua vez, será preparatória para a 1ª Conferência Nacional, que acontecerá no próximo ano.
No encontro, foram eleitos 60 delegados, que se somarão aos 60 eleitos nas demais conferências, somando os 300 que se reunirão na Conferência Estadual.

As demais Conferências Regionais de Emprego e Trabalho Decente serão realizadas nas cidades de Varginha (Região Sul – 26/08), Governador Valadares (Região da Zona da Mata e Rio Doce – 02/09), Montes Claros (Região do Vale do Jequitinhonha, Norte de Minas e Vale do Mucuri – 16/09) e Belo Horizonte (Região Central e Centro Oeste – 30/09).

Nenhum comentário:

Postar um comentário