22 de mar de 2012

Eleições 2012: Desincompatibilização de dirigentes sindicais deve ocorrer até 7 de junho


A CTB informa aos dirigentes sindicais que pretendem se candidatar a um cargo público nas eleições de 2012 o prazo estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral para desincompatibilização de seus cargos. De acordo com o TSE, os sindicalistas devem se afastar da direção de suas respectivas entidades até o dia 7 de junho – exatamente quatro meses antes da eleição, marcada para 7 de outubro.
O afastamento não é definitivo e nem implica na renúncia do cargo ou da função. Todos os dirigentes titulares, exceto suplentes e membros do conselho fiscal, são obrigados a licenciar-se.
No total, serão em torno de 59.500 vereadores eleitos em todo o Brasil, além de 5.565 prefeitos que se candidatarão à reeleição ou a um novo cargo.
O representante dos trabalhadores que se licenciar para concorrer à prévia eleitoral ou à convenção partidária e não conseguir viabilizar sua candidatura poderá retornar ao seu posto na entidade. Esse entendimento também é válido quando o candidato não é eleito.
Para maiores informações basta acessar o site do TSE .

Nenhum comentário:

Postar um comentário