22 de mar de 2012

1º Encontro Nacional da Mulher Trabalhadora da CTB será nos dias 30 e 31 em Brasília


A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) vai realizar entre os dias 30 e 31 de março o "Primeiro Encontro Nacional da Mulher Trabalhadora da CTB", em Brasília.
Serão cerca de 150 dirigentes da CTB entre mulheres da direção nacional, secretarias de mulheres dos 26 estados e Distrito Federal, secretarias de mulheres e presidentas dos sindicatos e federações filiados e dos núcleos, que irão debater eixos de lutas e estratégias que girem em torno do "Desenvolvimento, Autonomia e Igualdade".
Todos os participantes farão uma conjuntura um balanço geral da atual situação econômica do país que vem atingindo diretamente toda a classe trabalhadora. E a partir dos encaminhamentos os dirigentes da CTB irão traçar a plataforma de lutas até o final da gestão.
E para participar do debate as mulheres trabalhadoras da CTB também vão convidar para a discussão os homens e principalmente os jovens que estão ingressando na vida sindical. "É importante renovar o movimento sindical , fortalecer as estruturas e nós da CTB enxergamos um grande potencial na juventude, o encontro será um momento importante para aprofundar os laços",  comenta Raimunda Gomes, a Doquinha, secretária da Mulher Trabalhadora da CTB.
Entre as mesas debates temas como a campanha da valorização do trabalho, autonomia política que valorizem as mulheres no trabalho, a urgência na aprovação dos projetos de lei da igualdade e articulação das proibições de abusos contra as mulheres estarão em pauta.
Esse encontro inédito organizado pela CTB com a presença de todos os estados será um momento importante de articulação e aprofundamento das bandeiras de luta da central. O dialogo direto com os estados pretende unificar ainda mais as lideranças do movimento sindical da cidade e do campo.
A participação das mulheres do campo será fundamental junto com a presença dos jovens e homens, em prol do fortalecimento das lutas travadas pelas mulheres trabalhadoras da CTB, da cidade e do campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário