23 de mar de 2012

Sindicatos representativos dos servidores de Uberaba farão assembleias em separado para debater proposta de reajuste salarial apresentada pela prefeitura


Os sindicatos que representam os funcionários da Prefeitura de Uberaba vão realizar assembleias em separado para discutir o resultado das negociações que tiveram com o prefeito Anderson Adauto sobre as reivindicações financeiras de 2012.
A decisão foi tomada em reunião realizada no último dia 22, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba (SSPMU). Participaram da reunião, o presidente do SSPMU, Luís Carlos dos Santos; presidente do Sindicato dos Educadores do Município (Sindemu), Adislau Leite; e integrantes da Comissão Permanente de Assistência aos Servidores Municipais, vereadores Marcelo Machado Borges (presidente), Itamar Ribeiro (relator), José Severino (suplente).
“Cada sindicato vai realizar sua mobilização, pois entendemos que, mesmo as reivindicações financeiras serem similares, as categorias possuem pedidos próprios, setoriais”, explicou Luís Carlos dos Santos.
A assembleia do SSPMU será dia 29, às 19h, na sede do sindicato (Rua Tancredo Neves, 55, bairro Santa Marta - próximo ao Centro Administrativo). Nesta sexta-feira, 23, às 15h30, os diretores do SSPMU se reunirão com os vereadores de Uberaba, no anexo da Câmara da Rua Tristão de Castro.
“Telefonamos para os 14 vereadores e todos confirmaram presença. Queremos saber em que eles vão nos apoiar”, disse o presidente do SSPMU.
As principais reivindicações da pauta de 2012 são: reposição de perdas inflacionárias de 19%, um aumento real de salário de 15% e reajuste do tíquete-alimentação. O prefeito ofereceu um reajuste entre 5,5% a 6%, dividido em três vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário