15 de jan de 2014

Dados do IBGE sobre mercado de trabalho passarão a ser nacionais e trimestrais

Hoje, o levantamento é mensal e feito em seis regiões metropolitanas. Série histórica será interrompida

O IBGE apresentou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), que irá substituir a atual Pnad, de periodicidade anual, e a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), que é mensal. Nesse segundo caso, a divulgação deixará de ser restrita a seis regiões metropolitanas e passará a ter abrangência nacional, mas será feita apenas trimestralmente. O instituto informa que "está estudando alternativas para produção de indicadores de divulgação mensal de mercado de trabalho".
Os primeiros dados da nova pesquisa serão divulgados na sexta-feira, com informações relativas aos quatro trimestres de 2012 e para os dois primeiros trimestres de 2013. Os demais resultados serão divulgados até dezembro. "Nas primeiras divulgações será priorizado um conjunto de indicadores básicos relativos à análise do mercado de trabalho", diz o IBGE.
Ainda de acordo com o instituto, a partir da nova Pnad "serão produzidas informações contínuas sobre a inserção da população no mercado de trabalho, segundo características tais como idade, sexo e nível de instrução". Além disso, afirma o IBGE, "a pesquisa permitirá também o estudo do desenvolvimento socioeconômico do país através da produção de dados anuais sobre outras formas de trabalho, trabalho infantil, migração, entre outros".
Trimestralmente, serão visitados 211.344 domicílios em aproximadamente 3.500 municípios, ante os 1.100 atuais.
A atual PME terá série histórica curta. Foi iniciada em 2002, após uma revisão metodológica no ano anterior – e terminará em dezembro. A pesquisa original é dos anos 1980.

Nenhum comentário:

Postar um comentário