22 de jan de 2014

Dirigentes da CTB lançam oficialmente o Projeto CORAL


coral-logo-banner

Parte da Direção Nacional da CTB esteve presente nesta terça-feira (21), na sede da entidade, em São Paulo, para o lançamento do Projeto CORAL, sigla para Centro de Organização, Apoio e Logística às entidades sindicais. Coube ao presidente Adilson Araújo e ao secretário geral Wagner Gomes o anúncio oficial do funcionamento dessa nova ferramenta, criada com o intuito de fortalecer os sindicatos e a organização da Central.

coral lancamento3
“A CTB identifica, desde sua criação, a necessidade de se voltar mais para o reforço do projeto de fortalecimento de suas seções estaduais. O objetivo de se criar o CORAL vem no sentido de desenvolver uma política entrelaçada”, explica Adilson Araújo. “O objetivo do CORAL é fortalecer o sindicalismo. Ao contrário do que apregoa a grande mídia, as entidades sindicais têm grandes problemas financeiros no Brasil. Deixando de lado alguns grandes sindicatos, a maioria sobrevida a duras penas para defender os interesses de suas categorias”, complementa Wagner Gomes.

Uma nova fase

Mais do que prestar apoio e logística, o CORAL pressupõe o fortalecimento dos sindicatos. Esse ponto de vista foi reforçado pelos dois dirigentes, que afirmaram ter uma certeza: o CORAL surge com a perspectiva de fazer com que todos os trâmites administrativos sejam devidamente regularizados, pois os sindicatos por muito tempo não deram a devida importância ao processo de formalização.

Com a legalização das centrais sindicais, em 2008, um novo cenário surgiu para as entidades do país. A partir do CORAL, as seções estaduais da CTB poderão identificar todas as entidades sindicais com o potencial de regularizar essa documentação, com certificação digital, registro em cartório, ingresso no MTE e o acompanhamento sistemático, por meio da assessoria jurídica da Central.

Os pressupostos que dão o alicerce para o projeto de estruturação do CORAL têm como principal objetivo garantir o pleno fortalecimento da CTB. “Esse trabalho está direcionado à Secretaria Geral, que terá como principal tarefa ser a condutora dessa ferramenta. Evidentemente que muitos sindicatos e as seções estaduais da CTB ainda não compreenderam o significado do que é realmente o CORAL. Se a gente parte do pressuposto que essa iniciativa vai garantir desde a certificação digital até a regularização do processo, seja de constituição, de regularização e regulamentação, isso tudo está casado com o projeto CORAL”, expõe o presidente da CTB.

CORAL nos estados
Durante o primeiro semestre de 2014, a CTB Nacional irá incentivar todas as suas seções estaduais a realizarem atos de lançamento do CORAL em cada uma das 27 unidades da Federação. “Por meio desse Projeto, poderemos chegar a sindicatos que atualmente sequer conhecemos”, analisa Wagner Gomes.

coral lancamento4

Para Onofre Gonçalves, presidente da CTB-SP, a iniciativa chega em um ótimo momento da história da entidade. “Sabemos que a disputa é grande com as demais centrais e que iremos nos beneficiar bastante desse esforço coletivo. São Paulo dará o que tem de melhor para o sucesso do Projeto”, afirmou.

“É papel da CTB, enquanto central sindical, zelar por seus sindicatos. Vamos criar uma verdadeira simbiose entre a Direção Nacional, as CTBs estaduais, todos os dirigentes e equipe. Não podemos errar. A palavra que deve nos servir de guia é ‘fortalecer’. A consolidação do CORAL passa pelo esforço de todos nós”, afirma Adilson Araújo.

lancamento coral 


Como solicitar o apoio do CORAL
Desde a manhã desta terça-feira, o Portal CTB já conta com uma área específica para o CORAL. Lá, cada seção estadual da CTB ou entidade interessada poderá conferir, de forma didática, todo o passo a passo para solicitar o apoio dessa nova iniciativa.
A Secretaria Geral também informa que a partir desta semana todas as seções estaduais irão receber materiais para que o lançamento do Projeto seja feito em todo o Brasil.


Fernando Damasceno – Portal CTB

Nenhum comentário:

Postar um comentário