12 de fev de 2014

Garra Metalúrgica lança candidatura à reeleição no Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região



Por um sindicato classista, unitário, democrático, plural e de luta! Este é o lema da “Chapa 1 - Garra Metalúrgica”, única chapa inscrita para a eleição da diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, entidade filiada à CTB, que será realizada entre os dias 12, 13 e 14 de março. O prazo para registro de chapas terminou no dia 23 de janeiro. 
Encabeçada pelo atual presidente da entidade, João Alves de Almeida, que concorrerá a seu segundo mandato à frente da entidade, a “Chapa 1 – Garra Metalúrgica” conta com trabalhadores das principais fábricas da região, como Fiat Automóveis, Teksid do Brasil, Nemak, Magna, Brembo, Terex-Ritz, Jabil, Denso Térmicos, Denso Rotantes, entre outras.
Para João Alves, este ano o Brasil viverá um momento ímpar de sua história, com grandes desafios para os trabalhadores, especialmente para os metalúrgicos de Betim, Igarapé e São Joaquim de Bicas.
“É um ano em que, em duas ocasiões, os trabalhadores terão a oportunidade de ir às urnas exercer, com liberdade e democracia, o direito de votar: nas eleições de renovação da diretoria do Sindicato, em março, e também nas eleições gerais, em outubro. São dois momentos que parecem estar dissociados, mas que, na verdade, têm relação estreita”, observa.
“Se nas eleições gerais de outubro, os trabalhadores irão escolher o presidente da República, os governadores, senadores e os deputados federais e estaduais, na eleição sindical terão a oportunidade de manter na direção do Sindicato uma diretoria renovada, para dar continuidade à luta em defesa dos direitos da categoria, por melhores condições de trabalho, salários mais dignos, mais saúde e segurança nas fábricas”, acrescenta o presidente do Sindicato. 

Importância do voto

O fato de apenas uma chapa ter se inscrito para a eleição não diminui, de maneira alguma, a importância da participação dos trabalhadores sócios do Sindicato durante a votação, avalia João Aves.

“É justamente por isso que consideramos fundamental que os sócios da
entidade compareçam à votação, tanto na sede do Sindicato quanto nas urnas itinerantes que irão percorrer as regiões de Betim, Igarapé e São Joaquim de Bicas. Isso é uma forma de reafirmar a confiança que os sócios têm no trabalho que vem sendo desenvolvido a favor dos metalúrgicos”, ressalta. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário