8 de abr de 2014

Delegação da CTB Minas para 8ª Marcha das Centrais terá cerca de 200 sindicalistas





Diferente das edições anteriores da Marcha que aconteceram em São Paulo,  este ano o palco será a capital paulista







A   Marcha das Centrais que acontece nesta quarta-feira (09) em São Paulo promete ocupar as ruas da maior metrópole econômica do país com as bandeiras da classe trabalhadora. A CTB-Minas estará presente no grande ato. Três ônibus sairão de Minas nesta terça-feira com destino à capital paulista. Um de Belo Horizonte, outro de Betim – na região metropolitana de BH – e outro do Triângulo Mineiro.

A expectativa é reunir em São Paulo 50 mil trabalhadores. Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (07), os dirigentes das Centrais aproveitaram para convocar trabalhadores e trabalhadoras para a primeira mobilização unitária organizada neste ano, em defesa da redução da jornada de trabalho sem redução salarial; o fim do fator previdenciário; a correção da tabela do Imposto de Renda e a valorização do salário mínimo. O ato vai começar às 10h, na Praça da Sé, no centro, e seguirá em direção à Avenida Paulista.

O presidente da CTB, Adilson Araújo, disse está certo de que a vitrine da Copa do Mundo, paralela ao calendário eleitoral brasileiro, lançam uma perspectiva de grande efervescência política no Brasil.

Adilson Araújo reconheceu avanços sociais promovidos nos últimos anos, sobretudo, diante da grande crise que ainda acomete boa parte dos países desenvolvidos. “Em diversas ocasiões, temos a sensação de que a pressão exercida pelo sistema financeiro e pelo mercado, têm deixado o Governo bastante suscetível aos interesses patronais”, destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário