20 de ago de 2014

Com acordo, chega ao fim greve de metalúrgicos da Proema, em Betim
















Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (20), os metalúrgicos da Proema/Pro.Te.Co decidiram por fim à greve que já durava três dias, ao aceitarem proposta de acordo negociada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região com a direção da fábrica e da Toyota, principal tomadora de serviços da empresa instalada em Betim.

Pelo acordo, a Toyota assumiu o compromisso de efetuar, até esta quinta-feira (21), o pagamento dos salários e das férias que estão em atraso, medida válida tanto para os metalúrgicos que continuam a trabalhar na fábrica quanto para aqueles que foram colocados à disposição em casa pela Proema/Pro.Te.Co, que atravessa um delicado momento financeiro, com uma série de irregularidades trabalhistas e fiscais, quadro que se agravou a partir de abriil de 2013.

DEPÓSITOS DO FGTS

O acordo também garante  concessão de cesta básica aos trabalhadores no dia 28 deste mês. Em relação ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), cujos depósitos não vêm sendo depositados regularmente pela empresa, foi firmado o compromisso de que as partes deverão se reunir a partir da próxima semana para debater o assunto.

Também ficou acertado que a Proema/Pro.Te.Co não poderá demitir quaisquer de seus empregados cujos salários estão em atraso.

As negociação com representantes das duas empresas foram conduzidas pelo diretor do Sindicato Clodoaldo Carvalho, que trabalha na Proema/Pro.Te.Co e por Gélson Alves, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB Minas), à qual a entidade sindical de Betim é filiada.


FONTE: Departamento de Imprensa - Sindbet  

Nenhum comentário:

Postar um comentário