24 de ago de 2015

Servidores de Nova Lima entram em greve contra corte de direitos




Os servidores municipais de Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte, entraram em greve nesta segunda-feira (24/08).  Sem abrir negociação e com proposta que retira direitos do funcionalismo municipal, a prefeitura enfrenta o movimento grevista que poderá ser o maior da história da cidade.
No primeiro dia de greve, os trabalhadores saíram as ruas em passeata na maior manifestação desde a fundação do Sindicato dos Servidores Municipais de Nova Lima (Sindserp).
A greve começou devido a intransigência do prefeito que se recusa a negociar com a categoria. Além disso, o governo enviou para a Câmara Municipal projeto de lei que pretende retirar diversos direitos dos trabalhadores. O Sindicato também questiona um decreto assinado pelo prefeito que estabelece critérios para demissões de servidores em estagio probatório.     

A greve foi aprovada em assembleia da categoria na última quinta-feira (20). A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil em Minas Gerais (CTB-MG) apoia o movimento e exige do prefeito a reabertura das negociações.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário