5 de nov de 2015

CTB-MG defende o fortalecimento das superintendências regionais do Trabalho



“Sabemos que em todo o Brasil as superintendências regionais do trabalho encontram grandes dificuldades. Isso enfraquece a nossa luta pelos direitos fundamentais dos trabalhadores. Se pudermos contar com pessoas cada vez mais qualificadas nesses cargos, certamente a sociedade como um todo será beneficiada”, argumenta Marcelino Rocha


O presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil em Minas Gerais (CTB-Minas) e da Federação Interestadual de Metalúrgicos e Metalúrgicas do Brasil (Fitmetal), Marcelino Rocha, defendeu nesta terça-feira (3), o fortalecimento das superintendências regionais do Trabalho de todo o país, a estruturação adequada do Ministério do Trabalho e da Previdência, como formas de intensificar a luta da classe trabalhadora por mais avanços e contra quaisquer retrocessos.

Nesse sentido, o sindicalista manifestou o apoio da CTB-Minas e Fitmetal aos companheiros Ubirajara Freitas (metalúrgico e líder sindical) e Marcelo Gonçalves Campos (auditor fiscal do trabalho) em sua campanha para os cargos de Superintendente Regional do Trabalho e Emprego em Minas Gerais.

Para Marcelino Rocha, a escolha dos dois companheiros será de grande importância para toda a classe trabalhadora mineira. “Sabemos que em todo o Brasil as superintendências regionais do trabalho encontram grandes dificuldades. Isso enfraquece a nossa luta pelos direitos fundamentais dos trabalhadores. Se pudermos contar com pessoas cada vez mais qualificadas nesses cargos, certamente a sociedade como um todo será beneficiada”, argumenta.

Durante a mesma reunião em Minas Gerais, que contou com a participação de forças políticas ligadas à CUT e à Força Sindical, o presidente da CTB-MG também salientou seu apoio à candidatura da auditora fiscal Margarida Barreto de Almeida à Secretaria de Inspeção do Trabalho, órgão federal de grande relevância para a regulação do mundo do trabalho. “Neste momento em que acabamos de acompanhar a fusão do Ministério do Trabalho com o da Previdência, temos que nos preocupar em escolher pessoas cada vez mais qualificadas para essa importante estrutura”, pontuou o dirigente.

Com informações da Fitmetal 

Nenhum comentário:

Postar um comentário