20 de jul de 2016

Pesquisa CTB: em Minas Gerais, 77% da população se declara a favor de novas eleições


A CTB-MG realizou na última sexta-feira (15) uma pesquisa de opinião, entre os cidadãos de Belo Horizonte, em que perguntou sobre a realização de novas eleições para a Presidência da República. Como se afere do gráfico abaixo, a maioria expressiva das pessoas acredita numa solução para a crise política por vias eleitorais:

Dentre os critérios da pesquisa, priorizou-se o perfilamento de escolaridade como critério de definição de tendência. A distribuição geral de nível educacional dos entrevistados concentrou-se em dois estágios: ensino médio completo e ensino superior completo.

Separando esses entrevistados entre os que se posicionam a favor e contra a realização de novas eleições, encontra-se uma tendência curiosa: enquanto pessoas com baixa escolaridade (Ensino Fundamental completo ou incompleto) e alta escolaridade (Superior completo ou incompleto) se posicionam contra a escolha de um novo presidente, aqueles que pararam os estudos no Ensino Médio se mostram bem mais favoráveis a um novo sufrágio.


O terceiro estágio da pesquisa tomou forma de uma indicação espontânea do participante quanto a um novo governante para o país. Aqui, o resultado primário se assemelha nos dois grupos: independente de posição, a posição preponderante é de alguma figura do PT. No caso dos que desejam as eleições, Lula lidera as intenções de voto, seguido por Aécio. No casos que rejeitam, o retorno da presidenta Dilma permanece no topo, também seguida por Aécio. Também relevante, aparecem figuras ligadas à oposição no cenário de novas eleições, como Jair Bolsonaro em 3º lugar e Marina Silva figuram em 5º. A alternativa parlamentarista, tão trombeteada por Eduardo Cunha e o “Centrão”, foi lembrada por apenas um entrevistado.


















Portal CTB, com informações da CTB-MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário