2 de mar de 2015

Centrais saem às ruas nesta segunda (2) em defesa da classe trabalhadora

ctb2
A CTB e as demais centrais sindicais sairão às ruas, nesta segunda-feira (2), em todo o país, numa série de uma série de manifestações pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 e também contra o Projeto de Lei 4330, da terceirização.

As MPS alteram as regras do seguro-desemprego, abono salarial (PIS/Pasep), seguro-defeso (para pescadores), pensão por morte, auxílio-doença e auxílio-reclusão. “Essas medidas trazem grandes prejuízos à classe trabalhadora”, expressou o secretário geral da CTB, Wagner Gomes.

Organizados pelas centrais, os atos desta segunda ocorrerão nas Superintendências Regionais do Trabalho (DRTs) em várias partes do Brasil. Já na semana em que deve ocorrer a votação das medidas na Câmara, os sindicalistas se mobilizarão, no dia 18, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília.

O cetebista informou que março será um mês de luta em defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. 

Em Minas Gerais, as centrais sindicais realizam panfletagem para chamar atenção da população. O documento, assinado pela CTB-Minas, CSC-Conlutas,  NCST, UGT, CGTB e Força Sindical, critica o pacote de ajustes que penaliza a classe trabalhadora.


Veja o material distribuido em Belo Horizonte:





  

Nenhum comentário:

Postar um comentário