25 de jan de 2017

Dia do aposentado é marcado por denúncia ao confisco da previdência




Um protesto contra a reforma da previdência proposta por Temer marcou o Dia dos Aposentados nesta terça-feira (24) na capital mineira. As Centrais Sindicais - CTB, UGT, Nova Central e Força Sindical, Conlutas, CSB e CUT - denunciaram à população o confisco que o governo golpista pretende fazer na previdência social. O ato público aconteceu às 12 horas na Praça Sete, coração de Belo Horizonte. 

Entre as maldades da mudança, se a reforma passar, ficará quase impossível o trabalhador receber a aposentadoria integral. O forte apelo privatista da proposta foi questionado pelos sindicalistas. A reforma que já está preparada para tramitar no Congresso Nacional sofre uma enxurrada de criticas em todos os pontos de alteração que representa a demolição da previdência no Brasil.

O ato público realizado pelas Centrais Sindicais em Belo Horizonte também contou com a participação da recém-criada Frente Popular Mineira em Defesa da Previdência Social. Com a representação de dezenas de entidades sociais e sindicais, a Frente foi instituída no dia 10 de janeiro para organizar ações que combatem as propostas da reforma de Temer e dialogar com a sociedade as consequências nefastas que as mudanças representam.     


Nenhum comentário:

Postar um comentário